Nesta segunda, às 20h, tem live beneficente: se inscreva na TV Canal Dez no Youtube e colabore com o ‘Asilo’
17 de maio de 2020
Mais um médico é desligado da Santa Casa: Justiça manda rescindir contrato com o ortopedista José Antonio Franciscon
19 de maio de 2020

“ERRO DE DIGITAÇÃO”: Central Park assume falha e emite errata com retificação de valores em repasses da Área Azul

Valores publicados pelo Revoluir foram confirmados por secretário municipal e gerente regional da Central Park

Revoluir esteve nesta segunda-feira, dia 18, no Paço Municipal, onde foram apresentados documentos oficiais dos repasses da Central Park, referentes à exploração da Área Azul de Fernandópolis.
Presentes no gabinete do prefeito André Pessuto, o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Ederson José da Silva, e Carlos Eduardo Cortez da Costa, gerente regional da Central Park, responsável pelo escritório da empresa em Fernandópolis, confirmaram os valores apresentados pelo Revoluir.

O secretário municipal de Trânsito e Transporte, Ederson José, e Carlos Eduardo, gerente regional da Central Park, mostram documentos sobre a arrecadação com as taxas da Área Azul

De acordo com a errata da Central Park, “tendo em vista os valores apresentados à Prefeitura mês a mês, fica claro que ocorreu um erro ao digitar o Demonstrativo de valores repassado desde dezembro de 2018 a fevereiro de 2020 (…) realizamos a devida correção e reenviamos anexo a correta para arquivo nos autos”.
Desta maneira, a Prefeitura solicitou à Central Park uma resposta. Assim, a empresa assumiu a falha, emitiu uma errata e a devida correção dos valores.
Portanto, a Prefeitura de Fernandópolis recebeu da Central Park, pela exploração da Área Azul, o total de R$ 871.808,25 em valores atualizados. Valor exato com os R$ 9.346,61 indicados pelo Revoluir, acrescidos aos R$ 862.461,64, total do repasse primeiramente informado, e agora devidamente corrigido.
Lembrando que os R$ 871.808,25 correspondem a 35,99% que a Prefeitura recebe pelos serviços da Área Azul. A Central Park ficou com R$ 1.550.554,21. No período entre o mês de dezembro de 2018 (a partir do dia 17/12/2018), até 29 de fevereiro de 2020, a Área Azul gerou uma arrecadação total de R$ 2.422.362,46.
Confira a errata e os valores corrigidos

Confira a nota oficial da Prefeitura sobre o caso
NOTA RESPOSTA – REVOLUIR (CENTRAL PARK)

A Prefeitura de Fernandópolis informa que após reportagem do ‘Revoluir’, por determinação do prefeito André Pessuto, foi solicitado um levantamento com relação aos números apresentados. Rapidamente, foi verificado junto a Contabilidade da Prefeitura e com as planilhas da Central Park e Secretaria Municipal de Trânsito, que os números correspondiam inclusive com antiga reportagem feita pela Imprensa. A empresa Central Park identificou um erro de digitação no último documento enviado a SECOM, sendo prontamente retificado. A documentação correta já foi repassada para o site ‘Revoluir’. A Prefeitura de Fernandópolis se coloca a disposição para novos esclarecimentos

Relembre as matérias do Revoluir sobre este fato. São as seguintes, logo abaixo

Revoluir encontra divergências em repasses da Central Park: quase R$ 10 mil a menos da Área Azul aos cofres municipais?

Prefeito e vereadores se manifestam após Revoluir mostrar divergências em repasses da Central Park

 

VEJA OUTRAS MATÉRIAS JÁ PUBLICADAS PELO REVOLUIR RELACIONADAS À ÁREA AZUL

Área Azul volta a ser cobrada na 2ª, veja vídeo; Praça ganhará palco

Área Azul volta com polêmica sobre direitos de idosos e deficientes

Área Azul: isenção será de 2 horas, mas pode ficar para 2019

Após alerta do Revoluir, idosos e deficientes voltam a ter gratuidade na Área Azul

Administração Pessuto cobra R$ 2,6 milhões de Ana Bim em ressarcimento da “Área Azul”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *