Central Park: para multar, 100% DIGITAL; para prestar contas, 0% DIGITAL; repasse está 20 dias atrasado
25 de abril de 2019
COMPRE SUA CAMISA DA ÁGUIA
26 de abril de 2019

Time “guerreiro” superou jogo truncado com mais uma vitória: 100% de alma em campo; agora são 2 jogos fora de casa

 

Murilo deixou o seu e Lukinha saiu do banco para fechar o placar: confira os detalhes da 3ª vitória da Águia

VOA ÁGUIA: após 3 vitórias, dois jogos fora de casa serão “prova de fogo” para o Fefecê

 

O jogo contra o América de Rio Preto foi o mais duro para a Águia até aqui. Com começo arrasador, gol de Murilo, logo aos 8 minutos, a partida ficou truncada, concentrada na forte marcação de ambas equipes no meio-campo.

Confira o lindo lance do primeiro gol contra o América, domingo passado

Sem a “parada técnica” para rápido descanso e hidratação, uma reivindicação da comissão técnica do Fernandópolis Futebol Clube que não foi atendida pela equipe de arbitragem nos dois jogos pela manhã, realizados no Claudio Rodante, com início às 10h, o desgaste físico pesou no último domingo.

O placar foi complementado somente aos 40 minutos do segundo tempo, 15 minutos após a expulsão do atacante Kevin, do América, que chutou Talison quando a bola estava parada, na sequência de uma falta no meio de campo.

Lukinha fez o segundo do Fêfa

Lukinha, que substituiu Murilo, chutou forte de dentro da área e fez o segundo gol do Fêfa. Marcou na segunda jogada seguida em que apareceu na velocidade. Minutos antes, teve ótima oportunidade, mas bateu para fora. Talison, Bala e Pará fechavam pelo meio, Lukinha preferiu arriscar ao invés de cruzar. Mas não perdeu a segunda chance que teve na partida.  

DEFESA SÓLIDA

Setor defensivo ficou mais um jogo sem levar gol: Bite, Felipe, Félix e Carioca dão tranquilidade ao goleiro Gabriel, mais uma vez seguro na partida. Já são 3 jogos sem tomar gol, ou seja, 270 minutos de invencibilidade da zaga fernandopolense. Rosivaldo, o Bahia, entrou no lugar de Bite, que saiu de campo muito aplaudido pela torcida.

CARTÕES AMARELOS

Após 3 jogos, 3 defensores têm um cartão amarelo cada: a dupla de zaga, Felipe e Félix, e o lateral-direito Bite. Além do lateral-esquerdo reserva, Juninho, advertido no segundo tempo contra o José Bonifácio, na estreia.

Juninho e Felipe receberam o amarelo no primeiro jogo. No segundo, contra o Andradina, Félix foi advertido aos 27 minutos do segundo tempo, quando o placar de 3 x 0 já estava escrito no placar.

Já neste terceiro jogo, foram 4 cartões amarelos para o Fefecê: Bite, Talison, Matheus Alcântara e Pedro Henrique, o volante Pedrão. O América teve 2 cartões amarelos e uma expulsão.

Vale lembrar que ao levar 3 cartões amarelos, o jogador terá que cumprir suspensão automática na partida seguinte. Até o momento a Águia não tem nenhum jogador pendurado.

TRIO DO MEIO

Pedrão e Pará são incansáveis, e cirúrgicos, na marcação. Dão combate no meio e nas laterais. Pará ainda aparece no apoio ao ataque. Matheus Alcântara complementou o setor do meio-campo participando, um pouco mais avançado, de jogadas como na assistência para o gol de Murilo neste domingo, o 1º da Águia no jogo, o 4º do camisa 10 na competição. Foi um toque de primeira, com categoria, após receber de Gildo, que reteve a bola fazendo o pivô. O lance lembrou a bela jogada para o terceiro gol contra o Andradina: deixou Bite à vontade para cruzar na medida para Murilo fazer seu segundo gol naquele jogo, fechando o 3 x 0.

João Lucas, chegou ao Fefecê e logo foi chamado de Potiguar, pois é da cidade de Touros, Rio Grande do Norte; mas o apelido que se tornou oficial junto aos companheiros é Pará, o camisa 11 da Águia

TRIO DA FRENTE

Gildo se destaca pelo alto, já marcou um de cabeça e quase fez o segundo contra o América. É acionado o tempo todo e faz o pivô com excelência. Consegue manter a posse de bola por baixo e ganha quase todas com sua impulsão, quando sobe para acionar alguma infiltração de velocidade, dando a conhecida “casquinha” de cabeça nas bolas aéreas, sempre cria boas situações de gol, principalmente em contra-ataques. Saiu no início do segundo tempo após sentir a coxa direita. Talison entrou em seu lugar.

GIldo teve ótima oportunidade de cabeça no primeiro tempo contra o América

Júnior Bala é rápido, parte para cima da marcação, tem bom drible e não foge das disputas contra os zagueiros, é trombador. Vai na raça, aliando habilidade e força física. Foi assim que marcou o seu contra o José Bonifácio: ganhou dura dividida no pé-de-ferro e bateu com categoria, tirando do goleiro, firme e forte no alto: um golaço! Contra o América, não deu descanso para a zaga adversária, correu os 90 minutos.

Júnior Bala joga pelos lados do campo, fica mais fixo pela direita na maior parte dos jogos, mas também avança pela esquerda: guerreiro

Murilo está em fase iluminada: artilheiro e protagonista de belas jogadas, lances de efeito. Chapéus, dribles, canetas, toques de letra e gols: chama o jogo e parte para dentro. Mostra que está mesmo disposto a cumprir sua promessa: pelos menos 12 gols nesta primeira fase, ou seja, um gol por jogo. Foi substituído por Lukinha, autor do segundo gol.

ILUMINADO: Murilo vem se destacando com a camisa do Fefecê, artilheiro e abusado nos lances individuais

 

PRÓXIMOS JOGOS

Após bater o América por 2 x 0 no último domingo, o Fefecê, que soma 9 pontos, com 100% de aproveitamento nos 3 jogos já disputados, viajará neste sábado, dia 27,  a Osvaldo Cruz, para manter a liderança da Segundona 2019. O jogo será às 16h, no Breno Ribeiro do Val, o Brenão.

O time da casa está na quarta posição do Grupo 1, com 3 pontos. Será o terceiro jogo do Osvaldo Cruz, que venceu o Bandeirante de Birigui, fora de casa, por 1 x 0, mas vem de derrota, lá mesmo no Brenão, para o vice-líder Tupã, 2 x 1.

Falando no vice-líder, que está na segunda colocação, com 7 pontos, mais uma vez o Tupã entrará em campo antes do Fefecê.

Nesta sexta-feira, dia 26, recebe às 20h30, no Alonso Carvalho Braga, o lanterna Bandeirante de Birigui, que ainda não pontuou nos dois jogos que disputou.

Depois de jogar em Osvaldo Cruz, a Águia folgará na rodada do dia 1º de maio. Voltará a campo para o seu 5º jogo no dia 4 de maio, às 19h, quando visitará o Tupã. Será num sábado à noite.

O Fefecê fecha o primeiro turno desta fase inicial da competição no dia 12 de maio, contra o Bandeirante de Birigui, no “Ninho”. Será num domingo, às 10h. O primeiro jogo do returno será uma semana depois, dia 19 de maio, também às 10h. A Águia receberá o José Bonifácio.

Confira a classificação do Grupo 1 da Segundona 2019

* Confira a pontuação do Fêfa e veja todas as rodadas desta primeira fase no Globoesporte.com, CLIQUE AQUI

 

SANGUE AZUL

A Torcida Sangue Azul está organizando um ônibus para os torcedores que quiseram acompanhar as partidas do Fefecê fora de casa nesta temporada. Para o jogo contra Osvaldo Cruz, a Sangue Azul já está se aprontando para apoiar o Fefecê em mais uma prova de fogo!

 

Torcida Fúria Azul também apoiou o time no último domingo

COMPRE SUA CAMISA DA ÁGUIA

As camisas do Fefecê continuam sendo vendidas no estádio Claudio Rodante, o “Ninho da Águia”. O valor é R$ 100,00 cada camisa, e são três modelos disponíveis para o torcedor adquirir. Além da camisa, você torcedor fernandopolense pode ser um Sócio-Torcedor. Procure a diretoria do Fêfa no estádio e faça sua parte, fortalece o time que brigará pelo acesso à Série A3 de 2020!

 

PENEIRA SUB-20

Dia 11 de maio, no estádio Claudio Rodante, a partir das 8 horas.

É obrigatório apresentar exame médico comprovando que os jovens têm condições físicas para participar da peneira do Fefecê, visando a formação do time Sub-20 que representará Fernandópolis nas competições deste ano.

Garotos nascidos nos anos de 2000, 2001 e 2002 podem participar, não perca essa oportunidade que o Fernandópolis Futebol Clube estará proporcionando no próximo dia 11 de maio, um sábado, a partir das 8 horas, no estádio Claudio Rodante.

Faça parte do Sub-20 do Fernandópolis Futebol Clube.

 

Peneira vai avaliar jovens nascidos nos anos de 2000, 2001 e 2002

*É OBRIGATÓRIO APRESENTAR EXAME MÉDICO E LEVAR SUA PRÓPRIA CHUTEIRA.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *