Vai ter VAR? Censo indica menos de 69 mil habitantes e Fernandópolis deve ficar abaixo da estimativa para 2021
20 de dezembro de 2022
Santa Casa adquire equipamentos com recursos do Festival Solidário de Mira Estrela
20 de dezembro de 2022

IBGE prevê concluir Censo 2022 até sexta em Fernandópolis; meio político “estarrecido”

Até a próxima sexta-feira, o meio político fernandopolense promete ferver com os números do Censo 2022, prestes a serem oficializados e que foram revelados com exclusividade pelo Revoluir nesta terça

A previsão para a conclusão do recenseamento em Fernandópolis, de acordo com informações obtidas junto ao IBGE de São Paulo, é sexta-feira, próximo dia 23.
Com mais de 98,05% da coleta já realizada, o desfecho do Censo 2022, após oficialização dos números finais consolidados, não deverá ser diferente do Censo 2010, quando várias personalidades políticas e também da sociedade civil se revoltaram contra o IBGE, ao ponto de recenseadores serem acompanhados, praticamente vigiados, por funcionários públicos municipais, sob ordem do Executivo, evidentemente.
Sem qualquer semelhança com a política atual, um pedido de recontagem dos dados coletados chegou a ser estudado por um grupo político local à época. Hoje, mesmo sem recenseamento ‘impresso’, mas auditável, o resultado levanta diversas teorias de conspiração, desde cunho econômico até à eterna rivalidade com cidades vizinhas.
De acordo com informações checadas pela reportagem, uma reunião será realizada ainda nesta semana, provavelmente na prefeitura, para analisar e discutir os números revelados com exclusividade pelo Revoluir, em matéria publicada nesta terça-feira, 20. Confira Aqui!
Devem marcar presença secretários municipais, prefeito e vice-prefeito, alguns deles se mostrando estarrecidos com os dados que em breve se tornarão oficiais para indicar a população total na cidade, que deverá prevalecer pelos próximos oito anos, pelo menos.
Ainda nesta semana, Revoluir irá divulgar um mapeamento do Censo 2022 – porcentagem atual da coleta, número de habitantes já recenseados e qual era a estimativa populacional na região e também em algumas das principais cidades do estado de São Paulo.
Lembrando que a estimativa populacional – atualizada anualmente -, mais recente do IBGE era para o ano de 2021. O Censo 2020 não foi realizado após sofrer uma verdadeira sabotagem do atual, praticamente ex-governo federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *