Júnior Paulista mantém equipe titular com quarteto Vitinho, Murilo, Bala e Gildo
31 de agosto de 2019
O Fernandópolis Futebol Clube não responde por atos relacionados a “fraudes em universidade”
3 de setembro de 2019

EXCLUSIVO: Laboratório Paulista é investigado por “fraudes em laudos de exames clínicos”; direção se pronuncia

Polícia Civil de Fernandópolis, com agentes da Seccional e do GOE, durante operação no Laboratório Paulista nesta terça-feira, dia 3

Um dos mais conhecidos laboratórios de análises clínicas e bioquímica da cidade é alvo de investigação da Delegacia Seccional de Fernandópolis.

De acordo com apuração do Revoluir, a operação da Polícia Civil investiga, entre outras possíveis fraudes, a emissão de um laudo toxicológico falso emitido pelo Laboratório Paulista, localizado na Avenida Amadeu Bizelli, ao lado do “Bar 7”, no centro da cidade.

Ao todo, seriam mais de 60 laudos falsos, feitos por um dos donos do laboratório, que utilizaria “material tirado de seu próprio corpo”.

 

Equipe da Polícia Civil, Seccional e GOE de Fernandópolis, em frente ao Laboratório Paulista nesta terça-feira, dia 3

Na imagem abaixo, reprodução da página da internet do Laboratório Paulista, que se apresenta como “Centro de Diagnósticos Clínicos”

 

LABORATÓRIO PAULISTA SE PRONUNCIA

De acordo com a direção do Laboratório Paulista, em contato com Revoluir, a “investigação é sobre um funcionário e outras pessoas, em diferentes cidades, não havendo envolvimento da empresa e seus diretores”: “Não é o laboratório que está sendo investigado, e sim um funcionário”, enfatizou.

Confira a Nota se Esclarecimento do Laboratório Paulista

“O Laboratório Paulista, empresa de diagnósticos clínicos, estabelecida nesta cidade há 47 anos, vem por meio desta esclarecer:
Fomos surpreendidos e informados, nesta manhã de terça-feira, com uma intervenção policial.
Tal procedimento teve o objetivo investigar ocorrência relativa a um funcionário do laboratório junto a exame toxicológico.
Tratando-se de exame específico e que envolve questões legais, nos colocamos à inteira disposição da investigação para colaborar com os devidos esclarecimentos”.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *